Egoísmo, Bondade, Autoconhecimento e Nirvana

Por: Ryath

(Texto inspirado e intuído pelos Mestres da Luz)

Antigamente em países orientais se dizia que quando a pessoa é espiritualizada, mas se tornou o que hoje chamamos de egoísta, então se diz que essa pessoa está em desequilíbrio, não esta funcionando do jeito que deveria. É como uma carroça faltando peças, essas pessoas acabam não se interessando pelo autoconhecimento e Nirvana, e por estarem nesse estado de seguirem somente seu próprio ego, ficam distantes do amor e da importância que as pessoas têm.

Essas pessoas ficam estagnadas e só evoluem pelo sofrimento de suas ações que voltam para si mesmas causando sofrimento, mas mesmo assim muitas vezes nem com a volta karma negativo progridem.

Espiritualmente não é bom ficar nesse estado porque não evoluem como deveriam, além de serem pessoas que acabam causando sofrimento.

A melhor maneira de se reconhecer o egoísta é saber que pessoas assim não gostam de sentimentos positivos, então não gostam de amor.

Só pode ser feliz quem gosta de sentimentos positivos, pois só assim para estarmos realmente bem, que é se sentir bem, é algo simples de se entender.

Quem atinge o Nirvana fica repleto de sentimentos positivos, eles ficam muito grandes, então a pessoa é feliz demais, é bom demais.

Para se ter uma idéia do que é isso:

-Imagine o melhor sentimento que já teve, então imagine isso o tempo todo sem parar. É mais ou menos assim o Nirvana, mas as pessoas geralmente nesse mundo de sofrimento que vivemos não chegaram a experimentar nem uma vez um sentimento Nirvanico, então é muito melhor do que imaginamos, e podemos sim chegar a essa espiritualidade, a melhor maneira e mais fácil é a Lei de Atração.

As pessoas egoístas não se interessam pela espiritualidade, mas podem mudar se quiserem, basta querer e ser ajudada espiritualmente por seu Anjo da Guarda, pois ele guarda nossa alma.

Para sair do egoísmo ascenda uma vela de sete dias para seu anjo da guarda, então você vai enxergar o que é o egoísmo em si mesmo, assim se libertará.

Além disso também pode entrar em um templo religioso do bem e pedir ajuda, pois nesses locais ficam muitos espíritos que ajudam as pessoas. A partir disso a pessoa vai experimentar o que é bom de verdade, vai poder se tornar feliz.

No caminho do Nirvana religiões orientais indicam como caminho para a iluminação a prática de meditação e a prática da bondade, ética, das ações e virtudes positivas e se abster das negatividades.

Mas é necessário não ser egoísta, pois quem é assim não se percebe, mas é uma pessoa negativa que faz o mau, como manipulações, frieza, só enxerga seu lado, não o dos outros entre muitos pontos negativos.

“O ego não é nada comparado ao coração” (S.L.P.) e o coração são sentimentos bons que nos elevam, nos remetem a felicidade, alegria verdadeira e nos importarmos com os outros, então só assim para ser bom, sem isso não se chega ao Nirvana e nem se deseja essa meta.

Então um requisito para chegar à iluminação é não ser justamente egoísta, é como ensinam as religiões orientais: praticar o bem, ser bom, se abster do mal e praticar meditação.

Gostou deste texto? Nosso site possui mais de 1000 textos orientando a evolução, a iluminação, trazendo conhecimentos e práticas espirituais.

Venha nos conhecer, visite-nos mais vezes, trabalhamos para seu autoconhecimento e fome de conhecimento.

A seção que acho mais interessante é: Realidade Espiritual e Energética.

A seções que vão te ajudar mais a despertar são: Textos para se Iluminar, Nirvana e Mestres Ascensos, Mandalas e Outras Práticas.

Desde já muito obrigado.

Textos e Praticas muito importantes:

Unindo Informações e Práticas para Atingir o Nirvana



Exercício do Perdão



Pratica Espiritual Fácil e Cômoda com Pedras para Autoconhecimento

Não Deixe que os Outros te Atrapalhem a Acreditar que seu Nirvana é Possível

 

 Voltar a Pagina Inicial                      Índices de Textos                      Livro de Visitas